Resumo de artigos publicados no TechNet Wiki até hoje (13/07/2012)

Standard

Para você que não conhece o TechNet Wiki tenho uma coisa para contar, você está perdedo tempo, além de uma grande variedade de temas e conteúdos, existe uma página totalmente em pt-BR. Wink

Atualmente, na página de Desenvolvimento existem diversos artigos interessantes, no total, eu já publiquei 15 artigos, alguns deles já publicados aqui também!

Veja abaixo minhas publicações até hoje 13/07/2012:

 

ASP.NET MVC

ASP.NET MVC – Autenticação Básica
http://social.technet.microsoft.com/wiki/contents/articles/6466.aspx

ASP.NET MVC – Verificando se a Action solicitada existe em uma requisição
http://social.technet.microsoft.com/wiki/contents/articles/6465.aspx

ASP.NET MVC – Evitando ataques de Redirecionamento
http://social.technet.microsoft.com/wiki/contents/articles/6464.aspx

ASP.NET MVC – Validando os parâmetros na requisição de uma URL
http://social.technet.microsoft.com/wiki/contents/articles/6490.asp-net-mvc-validando-os-parametros-na-requisicao-de-uma-url-pt-br.aspx

ASP.NET MVC – Criando uma aplicação multi-idiomas
http://social.technet.microsoft.com/wiki/contents/articles/6491.aspx

ASP.NET MVC – Renderizando Gráficos do Google Chart com Html Helpers
http://social.technet.microsoft.com/wiki/contents/articles/6505.aspx

ASP.NET MVC – Criando uma aplicação MVC compatível com o Windows Azure
http://social.technet.microsoft.com/wiki/contents/articles/6777.asp-net-mvc-criando-uma-aplicacao-mvc-compativel-com-o-windows-azure-pt-
br.aspx

ASP.NET MVC – Trabalhando com vários Submits na mesma View
http://social.technet.microsoft.com/wiki/contents/articles/7374.asp-net-mvc-trabalhando-com-varios-submits-na-mesma-view-pt-br.aspx

 

Windows Azure

Windows Azure – Entendendo as principais Roles
http://social.technet.microsoft.com/wiki/contents/articles/6778.windows-azure-entendendo-as-principais-roles-pt-br.aspx

 

Linq to SQL

Linq to SQL – Trabalhando com Stored Procedures simples
http://social.technet.microsoft.com/wiki/contents/articles/6484.linq-to-sql-trabalhando-com-stored-procedures-simples-pt-br.aspx

Linq to SQL – Trabalhando com Stored Procedures complexas
http://social.technet.microsoft.com/wiki/contents/articles/6485.aspx

Linq to SQL – Escrevendo diretamente com SQL
http://social.technet.microsoft.com/wiki/contents/articles/6486.aspx

Linq to SQL – Utilizando Compiled Query
http://social.technet.microsoft.com/wiki/contents/articles/6487.aspx

Linq to SQL – Adicionando Validações
http://social.technet.microsoft.com/wiki/contents/articles/6488.aspx

Paginação com Linq utilizando Skip e Take
http://social.technet.microsoft.com/wiki/contents/articles/6489.aspx

Você é “dev”? Contribua também!

Abs

 

Criando um repositório genérico para Entity Framework

Standard

Irei demonstrar aqui uma forma bem simples e rápida para implementarmos um repositório genérico com Entity Framework. A ideia de implementação será a mesma utilizada com Linq to SQL, ou seja, nosso repositório será responsável por realizar apenas quatro operações: Selecionar os dados, salvar, apagar e atualizar.

Vamos primeiramente criar uma interface para o repositório:

public interface IRepositorio
{
	void Atualiza();

	void Apaga<TEntidade>(TEntidade entidade) where TEntidade : class;

	void Salva<TEntidade>(TEntidade entidade) where TEntidade : class;

	IQueryable<TEntidade> Seleciona<TEntidade>() where TEntidade : class;
}

Continue reading

Dataflow Programming com C# – Criando Variáveis e Operações

Standard

Conhecemos muito bem a tradicional programação imperativa, onde o estado de nossas variáveis são mutáveis e existe uma sequência pré-definida de comandos para que sejam executados. Já o paradigma de Dataflow (Fluxo de Dados) Programming segue um raciocínio diferente, do tipo “faça apenas quando receber algo”, um exemplo bem simples de como isso funciona: Imagine uma fábrica de roupas com seus dez funcionários, porém, para que eles comecem a trabalhar, primeiro devem receber os tecidos, ou seja, na programação com fluxo de dados a execução do programa depende dos dados de entrada.

A partir do .NET framework 4.5 já é possível utilizar os recursos da programação com fluxo de dados nativamente, utilizando para tanto a biblioteca System.Threading.Tasks.Dataflow. Porém, meu objetivo neste post é outro Tongue out, irei demonstrar como podemos criar variáveis e realizar operações com fluxo de dados em versões anteriores do framework, para ser mais direto irei utilizar a versão 4.0 com um recurso chamado TPL (Task Parallel Library) para programação paralela. Continue reading

Criando um repositório genérico para Linq to SQL

Standard

Vou demonstra aqui uma forma bem rápida e produtiva para criarmos um repositório genérico com Linq to SQL. Basicamente devemos efetuar quatro operações básicas: Selecionar os dados, salvar, apagar e atualizar.

Vejamos como ficaria nossa interface para o repositório genérico:

public interface IRepositorio
{
   void Atualiza();

   void Apaga<TEntidade>(TEntidade entidade) where TEntidade : class;

   void Salva<TEntidade>(TEntidade entidade) where TEntidade : class;

   IQueryable<TEntidade> Seleciona<TEntidade>() where TEntidade : class;
}

Pegou a idéia com Generics? veja a implementação: Continue reading

ASP.NET MVC – Definindo JsonRequestBehavior.AllowGet de forma global

Standard

Pessoal, uma dica bem rápida mas que ajuda muito nosso desenvolvimento do dia-a-dia com MVC, vou mostrar aqui duas maneiras de definir de forma global o Enum JsonRequestBehavior para habilitar requisições GET em nossos controllers. Atualmente quando trabalhamos com ASP.NET MVC (A partir da versão 2) todo retorno de Json deve habilitar requisições GET, veja abaixo:

public UsuarioController : Controller
{
   public ActionResult SelecionaTexto()
   {
       return Json("Retorno", JsonRequestBehavior.AllowGet);
   }
}

Agora veja duas forma bem simples para melhorarmos isso. Continue reading

Cria suas próprias coleções utilizando Iteration Pattern em C#

Standard

Antes de iniciarmos este artigo, é altamente recomendado que você saiba o que é, e como funciona a interface IEnumerable, localizada no namespace System.Collection. Com uma rápida explicação retirada do MSDN, podemos considerar um IEnumerable como:

“Exposes the enumerator, which supports a simple iteration over a non-generic collection.”

Ou seja, é uma interface que expõe o enumerador, e suporta uma iteração simples sobre uma coleção não genérica.

Ok, e o que seria esse “Iteration Pattern” ?

Iteration Pattern é um padrão de desenvolvimento muito utilizado em loops de repetições. É um padrão que viabiliza o acesso sequencial aos elementos de uma dada coleção, sem que seja necessário o conhecimento dos elementos subsequentes. Continue reading

Yoda Conditions com C#

Standard

Acredito que a maioria dos “developers” escreveria uma simples condição como demonstrado abaixo:

int varInt = 1;
if (varInt == 2){
//...
}

bool varBool = false;
if (varBool == true){
//...
}

O que há de errado? Na verdade não existe erro algum nos snippets acima, porém, considere os seguintes erros na digitação do código:

int varInt = 1;
if (varInt = 2){
//...
}

bool varBool = false;
if (varBool = true){
//...
}

Continue reading