Como definir o mapeamento em seus objetos com AutoMapper

Standard

No artigo anterior demonstrei como podemos mapear nossos objetos utilizando a biblioteca do AutoMapper. Como pode ser observado, antes de realizar o mapeamento, devemos definir como o mesmo será efetuado.

Exemplo:

//Define como o mapeamento será efetuado
Mapper.CreateMap<Grupo, Grupo_DTO>();

//Seleciona um objeto qualquer
Grupo g = _db.Grupos.FirstOrDefault();

//Efetua o mapeamento
Grupo_DTO grupoMapeado = Mapper.Map<Grupo, Grupo_DTO>(g);

Continue reading

Mapeando simple objects e complex objects com AutoMapper

Standard

Bom, para quem não sabe o que é o AutoMapper, segue uma definição retirada do próprio site do projeto:

“AutoMapper is a simple little library built to solve a deceptively complex problem – getting rid of code that mapped one object to another.”

Ou seja, é um biblioteca criada para mapeamento entre objetos.

Ao longo do artigo irei demonstrar exemplos de mapeamento entre objetos simples e complexos, além de demonstrar como configurar o mapeamento e exibir os prós e contras (no meu ponto de vista) quanto ao recurso/biblioteca.

Para o exemplo estarei utilizando Linq To SQL com um projeto em ClassLibrary. Continue reading

ASP.NET MVC + Flexigrid ( Parte 4 ) – Criando botões e navegando entre os elementos do grid

Standard

Dando continuidade a série sobre como implementar o Flexigrid em aplicações ASP.NET MVC, neste post demonstrarei como podemos criar botões e navegar entre as linhas e itens do grid.

Criando Botões

Básicamente para criar botões basta definir a propriedade buttons, e criar as funcions que os mesmos chamam ao efetuar o click, veja:

buttons:
[
    { name: 'Adicionar', onpress: adiciona, title: 'Adicionar' },
    { name: 'Editar', onpress: edita, title: 'Editar' },
    { name: 'Excluir', onpress: exclui, title: 'Excluir' },
    { name: 'Verificar Seleção', onpress: visualizar, title: 'Visualizar' }
],

Continue reading

ASP.NET MVC + Flexigrid ( Parte 3 ) – Habilitando e configurando a busca (Dynamic Linq ou Func)

Standard

No artigo anterior vimos como podemos efetuar a ordenação em nosso grid, agora iremos ver como habilitar e configurar a busca nativa do Flexigrid. Porém, antes de começar gostaria de exclarecer que, neste post, estarei demonstrando o uso da ferramenta de busca já existente e nativa no Flexigrid. No decorrer do artigo irei demonstrar alguns prós e contras quanto a esta busca, e sugerir alguns complementos que podem deixar a busca ainda mais útil e potente. Continue reading

ASP.NET MVC – Criando um Result para exportação em Excel de Coleções, Grids e Tables

Standard

Demonstrarei aqui uma forma bem simples para a exportação de Grids, Tables e Coleções para planilhas em Excel. Estarei utilizando uma aplicação ASP.NET MVC para tanto, e criarei um novo Result destinado ao Download do arquivo. Para a criação deste post, considerei alguns artigos já existentes na internet, juntamente com outros conteúdos e conceitos. Claro que, escrevo este, também por ser uma funcionalidade interessante e bem simples sua implementação.

Vamos iniciar considerando um conjunto simples de dados, com uma classe de Carro e um repositório básico que retorna uma Lista de carros, veja: Continue reading

ASP.NET MVC + Flexigrid ( Parte 2 ) – Habilitando e configurando a ordenação com Dynamic Linq

Standard

Dando continuidade na série sobre ASP.NET MVC + Flexigrid, irei demonstrar nesta segunda parte como podemos habilitar e configurar a ordenação pelas colunas em nosso grid. Caso você ainda não tenha visto o artigo anterior onde falei, como criar e renderizar o grid, clique aqui. Isto é muito importante, pois durante todos as partes e novas implementações da série, estarei utilizando o projeto de exemplo da primeira parte.

Continue reading

Linq com .Net Framework 2.0/3.0 ? Sim, é possível, use o LinqBridge

Standard

Para quem não sabe, o Linq foi inserido na biblioteca do .Net Framework a partir da versão 3.5, mas, seria muito interessante podermos utiliza-lo em aplicações que utilizam versões anteriores de Framework, como a 3.0 ou 2.0 não ?

Darei aqui uma dica rápida e muito interessante para viabilizar a situação proposta, demonstrarei o uso de uma biblioteca gratuita, desenvolvida justamente para realizar esta ponte, entre versões mais antigas do .Net Framework(2.0 e 3.0) com o Linq. Ela chama-se:

LinqBridge

O LinqBridge foi lançado a algum tempo (em 2007 mais precisamente), e foi desenvolvida por Joseph Albahari. Com o LinqBridge podemos utilizar todos os operadores padrão de Enumerables do .Net Framework 3.5, disponibilizando para tanto Linq to Objects. Continue reading